LOADING...
30 ago

Censo Coworking Brasil 2018: Conheça mais sobre esse mercado

O Censo Coworking Brasil é um estudo realizado desde 2015 que visa analisar o mercado nacional de escritórios compartilhados. A partir de pesquisas com base em fundadores ou gestores diretos desses espaços ativos, são levantados dados detalhados sobre o perfil desses locais ao redor do país.

Com uma trajetória importante para a análise do Coworking, esse estudo anual procura esclarecer e mostrar a evolução de como esse mercado recente está se desenvolvendo no país. Balanços como esse respondem perguntas que mostram a relevância dessa relação de trabalho, tanto para economia, quanto para a comunidade local onde estão inseridos.

A primeira parte desse projeto já foi divulgada pela Coworking Brasil. O foco foi analisar primeiramente as características dos espaços compartilhados. Já a segunda parte deve analisar o perfil do público que frequenta estes espaços. Mas enquanto essa divulgação não acontece, vamos apresentar alguns dos dados da primeira fase.

Evolução

O ano de 2017 foi marcado por um crescimento espantoso no coworking, mais que dobrando de tamanho. E, mesmo com essa taxa caindo um pouco, o crescimento continua acelerado, somando hoje 1.194 espaços conhecidos no país. São Paulo lidera a pesquisa com o maior número de coworkings, participando de uma indústria que já movimentou 127 milhões de reais.

Gráfico baseado no Censo Coworking Brasil 2018 como representação do aumento de coworkings em território nacional. Créditos: Projeto Coworking Brasil

Perfil

Ao mesmo tempo que algumas marcas consolidam suas atividades em espaços amplos, cada vez mais pequenas empresas abrem suas portas para comunidade local. Nesse contexto, o coworking apresenta a imagem capaz de agregar inúmeras especificidades empresariais. Está pluralizando o perfil dos espaços, sendo que 75% destes analisados no censo apresentam segmentos multidisciplinares.

Maturidade

            Por ser um negócio recente em constante crescimento e adaptação no Brasil, a maturidade também é um quesito em desenvolvimento que implica nos negócios. O maior desafio enfrentado nessa nova onda é a complicação de apresentar o coworking para comunidade local. Isso afeta diretamente na legitimidade das empresas, que são criadas quase em sua totalidade com fins lucrativos.

Comunidade

            Uma análise completa como essa também leva em consideração a relação da comunidade que é consolidada em um coworking. Com uma média de 21,2 coworkers residentes por espaço, aproximadamente 180 pessoas acabam circulando mensalmente nesses espaços. Geralmente é por eventos promovidos, ou reuniões. Dos espaços analisados, também concluimos que 27% dos coworkers apresentam um tempo médio de permanência de 6 a 12 meses no espaço.

Estudo completo: https://coworkingbrasil.org/censo/2018/?itm=topbar#distribuicao

Que tal fazer parte desse crescimento e levar a sua empresa para um Coworking? O Minds possui a estrutura que você precisa! Estamos localizados em uma região privilegiada de São Paulo, no bairro de Pinheiros, próximos a estação Fradique Coutinho, da Linha Amarela. Estamos esperando a sua visita!

Interessado em uma
Sala Privativa
Receba mais detalhes e valores em seu e-mail!
Receber Proposta
close-link
Interessado em uma
Sala de Reunião
Receba mais detalhes e valores em seu e-mail!
Receber Proposta
close-link
Interessado em uma
Posição Compartilhada
Receba mais detalhes e valores em seu e-mail!
Receber Proposta
close-link
Interessado em nosso
Endereço Comercial?
Receba mais detalhes e valores em seu e-mail!
Receber Proposta
close-link